17/09

Quando planejamos uma viagem para um lugar lugar diferente, procuramos por experiências vividas por outras pessoas, por fotos e vídeos do local desejado além de pesquisar sobre a cultura, hábitos e até modo de falar dos nativos do destino.

No caso da nossa ensolarada capital baiana, Salvador, são muitas referências para você alimentar o seu desejo de vir para cá. Com muita cor, sabor e uma população calorosa, oxente no vocabulário e nada de “meu rei”, a cidade tem conteúdo demais a oferecer.

Se você quer conhecer Salvador um pouco mais e precisa de filmes para mergulhar de cabeça na cultura e na história local, continue lendo e se jogue no swingue baiano!

Oscar de melhor cidade do mundo

Salvador é desejada por milhares de pessoas em todo mundo, sendo inclusive indicada pelo New York Time como “lugar para se conhecer em 2019”. Com paisagens inesquecíveis, uma culinária única e uma atmosfera que vai te fazer querer ficar por aqui, ela merece o oscar de melhor cidade do mundo.

Com isso tudo já é de se esperar que Salvador tenha inspirado dezenas de filmes, clipes, documentários e até mesmo novelas Globais que mostraram nossa cultura. 

Quer começar a conhecer mais do clima quente da cidade? Continue lendo e confira 10 filmes em Salvador!

1. Ó paí, ó

Da escadaria do Pelô ao carnaval de Salvador, Ó paí, ó, filme de 2007, conta a história de moradores de um cortiço do Pelourinho que compartilham um amor em comum: o carnaval. 

O filme vai mostrar a cidade tanto na perspectiva de quem mora, quanto na de quem vem. Tem uma linguagem única e uma maneira completamente fora do clichê de retratar figuras soteropolitanas.

Mostrando suas festas, seu jeito de falar, a luta dos moradores locais e, claro, o humor e a recepção baiana.

2. Quincas Berros d’Água

Baseado no romance de Jorge Amado, Quincas Berro d’Água é um filme brasileiro do gênero comédia gravado no ano de 2010. 

O filme conta a história de Quincas, um funcionário público cansado da vida monótona que leva. Só que um dia ele resolve deixar de lado sua vida mediana e passa a fazer farras pela cidade. Após encontrarem morto em seu quarto, sua família tenta esconder seus vestígios de farrista, porém seus amigos os levam (nos braços) para sua última bebedeira.

Quincas irá passear por várias ruas e bares escondidos no Pelourinho. A adaptação é bastante engraçada e divertida!

3. Capitães da areia

Também adaptado de um dos romances mais conhecidos do escritor Jorge Amado e dirigido por sua neta, Cecília Amado, Capitães da areia vai contar a história de vida de meninos abandonados que moram num trapiche no ano de 1930, no qual Pedro Bala é o líder desses meninos que realizam assaltos por Salvador. 

Desacostumados com a presença de uma mulher, o bando têm sua vida bagunçada quando surge na trama a Dora, menina na qual Pedro se apaixona. A adaptação se tornou o marco inicial no que se refere às comemorações centenárias de Jorge Amado.

4. Dona flor e seus dois maridos

Mais um filme baseado numa obra do Jorge Amado, Dona Flor e seus dois maridos vai contar a história de Dona flor, uma culinarista muito sedutora de Salvador que é casada com o safado Vadinho, farrista e que realiza jogatinas pela cidade e que morre no carnaval, deixando-a víuva. 

Dona Flor se casa se casa de novo agora com o pacífico e comportado farmacêutico da cidade. Com saudade do falecido marido, a viúva se apega ao espírito de Vadinho e vive um caso de amor com os dois amados.

O filme ficou sendo, durante 34 anos, recordista de público entre filmes do Brasil levando mais de 10 milhões de pessoas ao cinema. É uma boa oportunidade para visualizar uma Salvador de antigamente.

5. O pagador de promessas

O Pagador de Promessas, com texto e direção de Anselmo Duarte e baseado no homônimo da peça teatral do Dias Gomes, gravado em 1962, conta a história de Zé do burro, um rapaz humilde que tem como melhor amigo um burro no qual adoece após ser atingido por um raio.  

Ele entra em desespero que acaba resultando numa promessa em um terreiro de candomblé, que inclui uma via crucis de sua terra até a igreja de Santa Bárbara, no Pelourinho. O local até hoje recebe visitas de pessoas que vão à igreja, fazendo poses de referência ao filme que ficou marcado na memória de quem assistiu. 

O filme foi o único brasileiro a receber o prêmio Palma de Ouro do festival de Cannes, na França.

6. Cidade baixa

Dirigido por Sérgio Machado, gravado no ano de 2005 e com um elenco baiano de peso, Cidade Baixa conta a história que hoje em dia seria chamado de poliamor entre uma prostituta e dois homens que realizam transporte marítimo pela Cidade Baixa de Salvador. 

No filme Deco (Lázaro Ramos) e Naldinho (Wagner Moura) se conhecem desde criança, ganham a vida fazendo fretes e aplicando golpes a bordo em seu barco a vapor que compraram em parceria, o Dany boy. Eis que surge uma stripper em suas vidas, a Karinna (Alice Braga) que pretende arranjar um gringo rico no carnaval de Salvador no qual a dupla dá uma carona. 

Agora, se você quer conhecer a cidade para além das belas paisagens, clima quente e carnaval, é interessante assistir ao filme porque mostra a rotina e luta diária suburbana, passando também pelo contexto marginal.

7. Trampolim do forte

Em Trampolim do forte, filme de João Rodrigo Mattos, gravado em 2013, você vai conhecer a história do Déo e do Felizardo, meninos pobres que, para ajudar na renda de casa, vendem picolé. Por conta da rotina de adulto que levam e da labuta do trabalho, eles veem no trampolim do forte um refúgio para deixar na adrenalina e nas águas do Porto da Barra as angústias de crianças que trabalham.

Nesse filme você vai ficar próximo de um dos passeios de quem frequenta a praia da Barra de Salvador: saltar no trampolim que fica do lado do forte do Porto da Barra, praia no qual as ondas ficam longes de nos alcançar. Além de cenas fortes pelo Elevador Lacerda, Mercado Modelo, Pelourinho… entre outros.

A fotografia e movimentação das cenas fazem com que você se sinta como um das crianças que salta lá no Porto!

8. Segundo sol

Salvador conta também com novelas gravadas aqui, como é o caso de Segundo sol. A novela conta a história de Beto Falcão, um cantor de axé dos anos 1990 em decadência que tem seu avião caído numa viagem e acaba sendo dado como morto. Após este acontecimento,  presencia a sua carreira ganhar popularidade e precisa deixar a cidade.

A novela passeia bastante pelos pontos turísticos da cidade: Elevador Lacerda, Pelourinho, Farol da Barra, inclusive com belas tomadas aéreas da Baía de Todos os Santos… Os diálogos são bastante interessantes para entender as gírias locais! 

9. They don’t care about us

E se você gosta de assistir a videoclipes, deve conhecer um dos clipes que deram o que falar na época. Salvador também foi palco para o rei do pop, Michael Jackson com direito a banda Olodum, they don’t care about us foi gravado no ano de 1996, trazendo a chegada do rei do pop à capital baiana. 

O evento é tido como histórico para a região, tanto que existe um sobrado azul conhecido como “casa do Michael Jackson”. Para ilustrar a eternização da visita do cantor, na casa há um pôster e uma representação do próprio Michael, sendo visto no começo da ladeira do Pelourinho.

10. Bola rebola

Agora se você gosta de funk, temos o mais recente clipe da cantora Anitta, Bola Rebola, que foi gravado numa praia de Salvador, a praia da Gamboa de baixo. Poucas pessoas conhecem a praia, frequentada em sua maioria por moradores da comunidade e pessoas da região, mas depois do clipe acabou virando ponto obrigatório para fotos do Instagram.

A comunidade conta com o MAM - Museu de Arte Moderna, restaurante, além de sua vista, que tem um maravilhoso pôr do sol, grafites e pinturas feitos por moradores da comunidade.

Viu só quanta produção “massa”?! Conhece algum dos filmes e videoclipes listados? Comenta com a gente! Esperamos que após essa leitura você tenha certeza que Salvador será a cidade da sua próxima viagem. 

E claro, se hospedar no Grande Hotel Barra e fazer o seu próprio filme! Venha logo!